Publicado por: miwi | março 27, 2008

[Primeiras Impressões] FreeMind, uma ferramente livre para BrainStorm e organização de projetos

Num dos meus posts sobre desenvolvimento de jogos, eu perguntei se alguém conhecia alguma ferramente que poderia me ajudar a esboçar os diálogos dos personagens. O Kishimoto me recomendou duas ferramentas livres, o Celtx e o FreeMind. Aliás, o FreeMind foi novamente recomendado pelo DNA, que comentou depois.

Vou ser franca: nenhuma das duas serviu para o que eu queria. A que mais se aproximou foi a ferramenta FreeMind, mas, mesmo assim, eu não consegui fazer os diálogos do jeito que eu queria, já que eu não descobri como criar “ramos” no FreeMind com mais de uma origem – se alguém souber como fazer isso e quiser me dizer, eu agradeço! Enquanto eu fazia o artigo, eu descobri que eu poderia fazer isso com a ajuda de Graphic Links, talvez agora eu resolva fazer os diálogos nesse programa, yeah!

Mas, o FreeMind se mostrou muito, muito útil para outra coisa: montar diagramas com os principais elementos da história. É muito mais fácil montar as principais idéias do jogo na forma de tópicos, que eu possa mostrar ou não. Bem mais prático do que simplesmente editar em tópicos pelo Word, eu posso criar vários tópicos e mostrar apenas aqueles que me interesse. Quero escrever sobre as principais dicas do roteiro enquanto dou uma olhada nos personagens que eu criei? Moleza. Ver quais escolham levam a quais finais? Também é fácil.


Abaixo, a título de ilustração, um screenshot do meu projeto aberto no FreeMind (não, não tem nada sobre o jogo ali, apenas o nome provisório, ‘Dúvida Razoável’, e o fato daquele ramo “Finais” indicar que eu pretendo fazer mais de um final no jogo):

freemind_projeto.gif

(vocês também podem descobrir qual browser, qual anti-vírus e qual sistema operacional eu uso, mas, enfim ;p)

Clicar em um desses ramos é o suficiente para abri-lo, e o mesmo vale para fechá-lo. Dar enter em um nó selecionado irá criar um nó “irmão” a ele, como no caso de eu estar com um final selecionado, e então criar o nó onde eu posso definir o outro final, e a tecla insert serve para criar um nó “filho”,  como é o caso do nó “Por quê?” em relação ao nó “Caso 1”, por exemplo. Essas duas teclas provavelmente correspondem aos atalhos que eu mais uso, já que meu uso do sistema é bastante… simplório.
É possível atribuir ícones aos ramos. Precisa dar mais uma olhada em um dos finais? Coloque um ícone de “para melhorar”. Gostou muito daquilo?  Pode colocar um ícone de “Estou feliz”. Precisa dar mais prioridade às dicas do que aos finais? Coloqueo ícone de prioridade 1 nas dicas e 2 para os finais.

Por enquanto, como vocês podem perceber, eu não estou nada disso. Mas o pouco que eu uso já é o suficiente para tornar a tarefa de anotar os principais detalhes do jogo uma tarefa muito mais visual e mais fácil de trabalhar.

Agora que eu descobri os Graphic Links, então, fica muito mais fácil de conectar dados que, em um documento comum, poderiam estar muito, muito distantes um do outro.

Ficam aqui as primeiras impressões, os agradecimentos ao Kishimoto e ao DNA e, é claro, a recomendação de que vocês também usem essa super ferramenta para ajudar nos seus planejamentos, sejam eles de qualquer espécie.

Anúncios

Responses

  1. Sabia que ia ser uma boa pra vc… xD

    Uso muito pra organizar projetos, pra ter noção do todo, ao mesmo tempo que uso o rememberTheMilk pra controlar tarefas pendentes e o Stickipad pra organizar informações em formato wiki.

    Sem esses 3, eu já teria jogado o micro pela janela /o/


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: