Publicado por: miwi | junho 9, 2008

City Rain, para provar que Sim City + Tetris + Ecologia = Great game! 8D

Recentemente, eu falei sobre o jogo City Rain, feito por brasileiros utilizando XNA e que ficou em 2o lugar na XNA Challenge. No dia, ainda não estava disponível o jogo com o instalador, mas hoje mesmo o meu Update Scanner me avisou que a página de downloads foi atualizada e eu fui lá verificar.

Agora você já pode baixar o jogo, ele tem 120mb e está em um bom servidor, porque veio relativamente rápido. A instalação é super simples e irá criar um atalho no seu Desktop.

Sinceramente? ADOREI o jogo. Bom, eu AMO Tetris e adoro Sim City, o que não é para gostar, não é mesmo? Embora alguns aspectos do jogo ainda sejam meio confusos (para diminuir a criminalidade, por exemplo, é melhor aumentar o nível de uma delegacia ou construir outra? O lugar onde você constrói influencia o jogo até que ponto?), o jogo é relativamente simples de ser aprendido.

City rain e a tela que eu odeio(ele ser relativamente simples de ser aprendido não me impediu de ver essa tela várias vezes…)

Por ter sido feito pensando tanto no PC quanto no XBOX 360, os botões mostrados na tela são os botões do XBOX 360, que foram mapeados para as mesmas teclas do seu teclado (o B mostrado é o B do seu teclado, por exemplo), com exceção dos “gatilhos” superiores usados para girar as teclas, que foram mapeados para as teclas A e S. Para avançar um texto, aperte espaço, e o enter seleciona uma missão.

O jogo é simples e viciante, e tem um nível de dificuldade muito bom: não é difícil ao ponto de você se sentir frustrado, mas você provavelmente irá ver a tela “You Lose” vezes o suficiente para se sentir desafiado.

No que consiste o jogo? Você tem essa tela, dividida em diversos quadrados, tal qual um jogo de Sim City. Só que você não pode simplesmente escolher qual será sua próxima construção, você tem de escolher uma das opções do tipo de peça que está caindo… por exemplo, se estiver caindo uma peça de Fonte de Energia, você pode escolher se irá fazer uma hidrelétrica, uma usina eólica, nuclear, térmica, etc, e onde irá colocá-la. Outro tipo de peça consiste nas peças de casas, lojas e fábricas, e outra possui os parques, hospitais, escolas e delegacias. Existem ainda as peças especiais, que são mais parecidas com peças de Tetris por serem formações com mais de um tipo de construção que você não pode escolher, apenas rotacionar e colocar onde quiser.

O tutorial mostra tudo isso de maneira bastante eficiente, o que é algo bom, especialmente em um jogo indie – há uma certa tendência a não prestar muita atenção ao “tutorial” de um jogo quando se está fazendo um jogo independente por causa do tempo que isso demanda.

A música? Bom, poderia existir mais variedade, pois é sempre a mesma música que toca (além dos sons, como o sonzinho sacana que toca quando você perde). No início, ela é aquela música que você acha um pouco irritante. Aí ela gruda na sua cabeça e não sai mais.

O visual é bem bonito, como vocês podem ver nas screenshots.

Eu até pensei em mandar perguntas para o e-mail dos criadores, mas aí eu vi que a Sharp Games já tinha feito uma entrevista muito boa com um dos desenvolvedores. Vale conferir, as perguntas foram bem elaboradas e as respostas são interessantes para quem se interessa por essa campo.

O interessante é que o jogo traz uma “lição” ecológica: você perde pontos se desmatar, não é uma boa idéia colocar lixões perto de rios, e muitas das suas missões consistem em conseguir pesquisar novas maneiras de despoluir o ambiente, e até mesmo aumentar a educação da sua cidade para criar uma consciência ecológica. E tudo isso está no jogo sem torná-lo um jogo meramente “educativo”, com lições colocadas no jogo de maneira intrusiva. Não, o jogo é super divertido, e o tema ecológico simplesmente “combina” com o jogo. É um excelente exemplo de como um bom jogo educativo deve ser feito.

Esse jogo só tem um lado ruim… deixou-me com vontade de ir para a Unicamp, pois eu descobri que lá eles tem um grupo de jogos que crious dois dos finalistas do XNA Challenge ao ler essa reportagem. Que inveja, cara. Será que tem como criar algo assim na UFSC?

Correção (proporcionado por um dos criadores do jogo que me deu um puxãozinho de orelha xD): o pessoal que fez o City Rain é da UNESP. não da Unicamp – mas a vontade de ir para a Unicamp participar do grupo de jogos que tem lá permanece. Na UNESP também existe algum grupo de jogos assim? Eu sei que na UFSC não existe, mas ainda não sei se seria possível criar…

Ah, além de ser um jogo ecológico, o jogo tem seu lado mais “realista” também. Por exemplo? Acabei de levar um game over que não tem nada a ver com ecologia:

City Rain

É, eu levei Game Over porque os homens de negócios estavam descontentes com meu governo. É a vida…

Aliás, eu acho a XNA Challenge algo muito legal para o desenvolvimento de jogos no nosso país, promovendo um concurso sério e com prêmios interessantes para os participantes. Você pode até não gostar da Microsoft, mas há de se convir que nem tudo que eles fazem é ruim e perverso :p É claro que isso é bom para eles, pois eles conseguem novos talentos assim, como o André Furtado, vencedor de uma das edições do concurso e que atualmente trabalha na Microsoft, e ainda promovem sua framework. Mas, ao menos é algo que é bom para eles E é bom para nós. 🙂

Para finalizar, um vídeo de um Quick Play, que é um modo sem objetivos que irá tomar o seu tempo depois que você vencer as poucas campanhas (queremos mais!) do jogo:

httpv://www.youtube.com/watch?v=q40u8zmYnQE

Anúncios

Responses

  1. Eu jpguei ele de ontem pra hoje, quando li o seu artigo anterior e posso dizer que ele é realment e muito bom, fiquei um pouco perdido nos controles inicialment e mas depois peguei o jeito. XD

    Realmente essa campanha do Tornado é FODA. 🙂

  2. né? eu joguei essa campanha umas duas vezes para conseguir passar do tornado.
    aí morri na reconstrução da cidade. triste xD

  3. Legal o jogo, pena que minha conexão é discada e pode demorar para carregar. Mas quem sabe no fim de semana eu resolva baixa-lo para ver como é!

    Até mais.

  4. parece bem legal o jogo 😀

    Assim que tiver a oportunidade irei jogá-lo xD

  5. Fiquei muito feliz com esse post 🙂 A nossa maior alegria em fazer o City Rain é saber que as pessoas estão jogando e gostando 😉

    Eu só não entendi porque você quer ir para Unicamp ??? Nós nomos da UNESP !!!

  6. Verdade… o_o Nossa, problema sério de leitura ao ler aquela reportagem… xD Já vou corrigir na matéria, xD

  7. Bem melhor =D
    Aqui na UNESP nós somos os “pioneiros” em jogos mesmo.
    Eu estava querendo criar aqui algo menos academico (grupo de jogos) e mais profissional (empresa em incubadora). Já estamos planejando nosso próximo jogo =D

  8. Como eu passo da 2° nissão do city rain?
    O jogo é bem legal

  9. City Rain BS é lançado hoje 06/02 pelo site americano http://www.direct2drive.com/481/7597/product/Bu… por $9.95.

    O Tetris + Sim City + Ecologia que começou entre alunos da UNESP/Bauru vencendo competições internacionais como: Imagine Cup 2008, Games for Change 2008 e IGF Student Showcase. Foi lançado hoje no site americano Direct2Drive por $9.95. Confiram!

    Ele está na sessão INDIE que contem uma serie de outros jogos que não possuem ajuda de nenhuma grande corporação – classificados como independentes.

    Para jogar o DEMO do jogo acesse o portal de jogos Kongregate – http://www.kongregate.com/games/mothergaiastudi

    Para mais informações acesse o site oficial do City Rain BS:

    http://www.cityrainbs.com

    Abraços
    TÚLIO SORIA


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: