Publicado por: miwi | julho 13, 2008

Usando o DS para aprender outras línguas… ohnoes, estarei virando casual?

Eu já comecei a estudar italiano por conta própria. Japônes. Alemão. Aliás, até mesmo fiz aulas de japônes durante algum tempo. Mas, sinceramente? A única língua que eu aprendi decentemente, fora o português, foi inglês. Porque, aos dez anos de idade, ela me OBRIGAVA a ir nas aulas. Hoje em dia, fico grata por isso: eu nunca teria terminado o curso se não fosse a insistência da minha mãe.

O fato é… por mais que eu goste de compreender outras línguas, considero o processo de aprendê-las extremamente… tedioso.

Por isso, quando eu li no Continue a respeito do “My Japanese Coach“, eu resolvi investigar: será que finalmente haviam criado uma maneira interessante de aprender outra língua? E isto na mesma semana em que eu estava pensando em como eu gostaria de saber um pouco de japonês para poder jogar alguns dos joguinhos que lançam apenas no Japão…

My French Coach - UbisoftO My Japanese Coach será lançado apenas em setembro mas, se a greve dos correios tiver terminado e o meu limite do cartão de crédito não tiver estourado (o que aconteceu ano passado em agosto.. justamente o mês do meu aniversário e o mês no qual eu resolvi me presentear… bom, enfim), é compra certa para mim.

Novamente, eu não poderia dizer isso sem ter testado antes o My French Coach, e é esse tipo de fato que, podem esperar, ainda vai gerar um artigo gigante sobre pirataria aqui no meu blog…

Em todo caso, eu resolvi testar o My French Coach para ver se o jogo era realmente interessante. Passei longe do My Spanish Coach, devido ao fato de… bem… eu detestar espanhol. Eu já tentei estudar, juro. Fui em duas aulas e nunca mais – eu fico irritada só de ouvir alguém falando em espanhol, vá entender.

Algumas pessoas disseram, a respeito dessa linha de jogos, que você não vai ficar fluente apenas com elas, elas são apenas uma ferramenta auxiliar. Oras, mas isso é ÓBVIO. Se eu não lesse tanto em inglês, sejam livros, sites, jogos, e ouvisse tanto em seriados, meu inglês não seria nem de longe tão fluente quanto é, e olha que eu completei meus estudos de inglês em um centro realmente bom de cursos de inglês.

O fato é… se você se fechar em um único método, não importa ele qual seja, você jamais será fluente naquela língua. O que o torna fluente é a prática, é o exercício constante. E é aí que My French Coach fica interessante. A própria Ubisoft enfatiza que 10 a 15 minutos diários irão torná-lo fluente naquela língua… embora “fluente” seja um certo exagero da fabricante, é possível aprender pelo menos o básico do francês com a ajuda do jogo, sim.

O jogo é dividido em lições, indo desde o mais básico, como contar de um até dez até… bom, eu não sei até onde as lições vão, mas elas acabam por volta da lição 50. Depois disso, são apenas lições para aumentar o vocabulário.

O método é bastante interessante: são lições curtinhas, mas que treinam vários aspectos do aprendizado: você pode pronunciar ao microfone as palavras e comparar com a pronúncia do programa, por exemplo – é claro que você não pode pensar que aquela é a única maneira de a palavra. Oras, você vive no Brasil, você sabe o quanto a pronúnica das palavras pode mudar de região para região, e até mesmo de pessoa para pessoa. Ainda assim, é uma boa maneira de você começar a aprender como se pronunciam certas sílabas em francês.

Além disso, cada lição conta com cerca de dois jogos para ajudar a fixar as palavras. Alguns são mais interessantes do que outros, embora todos eles sejam bastante simplórios: existe o wack-a-mole no qual você deseja acertar as toupeiras que possuem a palavra correta, o jogo da memória para associar as palavras em francês com as suas respectivas traduções para o inglês, o clássico “escolha a opção que possui a tradução correta”, etc.

Os jogos em si não são exatamente… clássicos, mas são mais interessantes do que boa parte dos jogos que eu acaba jogando no meu curso de inglês… claro, o fato de poder jogar deitada no sofá torna tudo mais interessante. Aliás, até mesmo a portabilidade do DS conta muito a favor desse tipo de título: você pode jogar onde você considerar mais confortável, na hora que quiser. Embora eu não recomende jogá-lo na espera do dentista, a menos que você queira atrair olhares de espanto… “o que diabos aquele doido está fazendo, falando com aquele mini-computador…?”. Ainda mais que você vai estar falando em francês, ou seja, fazendo biquinho.

Já ouvi muitas críticas a respeito desse lado “mil utilidades estranhas” do Nintendo DS: ele pode te ensinar outras línguas, pode te ajudar a perder peso, ensinar yoga, treinar sua visão… em especial sobre isso diminuir a visão do Nintendo DS enquanto “videogame”. Bobagem. O Nintendo DS não é menos “videogame” por ter esse tipo de título disponível. Ele é apenas mais completo por conta disso – eu posso jogar Final Fantasy Tactics A2 quando quiser jogar algo, assim como posso treinar um pouco meu francês quando estiver com vontade de aprender uma nova língua.

Nem preciso citar que as mesmas pessoas que adoram reclamar desses títulos do Nintendo DS são as mesmas que adoram a funcionalidade de media player do PSP. Hmmm.

Aliás, estou namorando um PSP Slim vermelho de God of War, se alguém quiser me dar de presente… meu aniversário é mês que vem, sabiam? =D

Vou ver se consigo comprar o My French Coach junto com o My Japaneses Coach em setembro. Só ficou faltando mesmo um My German Coach… tomara que resolvam lançar!

Pensei em colocar uma frasesinha em francês aqui no final, mas como eu estou nas primeiras lições, eu só sei palavras soltas… e “neuf garçon et huit fillie” não é exatamente uma frase de impacto… fica para a próxima, então.

Anúncios

Responses

  1. Jogos assim são bem legais xD
    Eu curto bastante^^

    Eu quero aprender japonês o/
    Fiz um tempinho de curso, vou ver se volto ano que vem, assim que a faculdade terminar xD

    Vergonhoso para mim não saber japonês, já que sou descendente >< hahaha

    Eu também odeio espanhol o_o
    ô trequinho chato, enjoado, me dá um tremendo nervoso ouvir ^^

    Ih eu vi esse PSP também, quase comprei, mas depois pensei melhor e decidi esperar mais um pouco…

    Olha, vai ficar velha, vai ter festinha? Se tiver me convida :S ahuiahauis xD

  2. Pois é, comprei um DS recentemente e me surpreendi com a variedade de títulos. Olha que eu só ia jogar RPG…

    Tem o My Word Coach, mesma linha desse que você citou, porém voltado apenas para o inglês; outro que achei legal, o Travel Coach – Europe com informações sobre alguns países europeus, deve quebrar um galho durante viagens. Quanto ao japonês, tem um homebrew para o DS chamado JDS que ensina a escrever hiragana/katakana e um jogo/dicionário muito útil chamado Kanji Sonomama Rakubiki Jiten. Você rabisca um kanji e ele decifra. 😀

    Legal também são os jogos de culinária. 😛

  3. Tem “My German Coach”? Estou aprendendo Francês com My French Coach (e estudos por fora), mas de curso, só inglês mesmo, e olha que está chato demais! Mas hj em dia é necessário…

  4. […] – bookmarked by 4 members originally found by leonrpd3000 on 2008-12-10 Usando o DS para aprender outras línguas… ohnoes, estarei virando … http://www.diskchocolate.com/blog/2008/07/13/usando-o-nintendo-ds-para-aprender-outras-linguas/ – […]


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: